Influências latinas na tipografia grega: análise histórica e abordagem não predatória de projetos multiescrita

Sérgio Luciano da Silva, Sérgio Antônio Silva

Resumo


A escrita grega está envolvida em situações e processos históricos singulares e entrelaçada há milênios com a história da escrita latina. Uma dessas circunstâncias diz respeito ao estabelecimento e desenvolvimento da tipografia grega, que ocorreu quase exclusivamente fora do seu território. Em consequência disso, parte expressiva dos profissionais envolvidos nessa área não é grega. Paralelamente a isso, com o avanço da globalização dos meios de comunicação, a produção de fontes tipográficas em mais de uma escrita, principalmente latinas e gregas, tem se ampliado consideravelmente. Apoiado no percurso histórico da tipografia grega na Europa, este artigo tem dois objetivos. Destacar a relevância de expoentes estrangeiros que contribuíram para moldar a tipografia grega do século XV ao XX. E, a partir da observação e análise das criações tipográficas mais recentes de Matthew Carter e Hermann Zapf, extrair conceitos que possibilitem aos projetos de novas fontes multiescrita basearem-se na técnica e na história, sem predar a identidade cultural e a diversidade de cada escrita. 


 

[ Download ]

 


Palavras-chave


História da tipografia, tipografia multiescrita, design de faces gregas

Apontamentos

  • Não há apontamentos.