Análise das representações gráficas da teoria da atividade em periódicos internacionais| Analysis of graphic representations of activity theory in international journals | Analysis of graphic representations of activity theory in international journals

Marco André Mazzarotto, Vania Ribas Ulbricht, Carla Galvão Spinillo

Resumo


A teoria da atividade é um framework relevante para o campo do Design, sendo suas representações gráficas artefatos cognitivos que auxiliam no entendimento, uso e comunicação desta teoria. Porém, existe uma falta de consistência em torno dos elementos gráficos e rótulos utilizados nestas representações. Com base nisso, o objetivo deste trabalho foi identificar, analisar e avaliar essas diferenças, propondo ao final uma representação que pretende ser mais adequada para a teoria. Para isso, parte de uma revisão bibliográfica com base no trabalho de Engeström (2001) e suas três gerações de modelos visuais, aliada à análise gráfica das representações coletadas em cem artigos de periódicos internacionais.

Abstract

Activity theory is a relevant framework for the Design field, and their graphic representations are cognitive artifacts that aid the understanding, use and communication of this theory. However, there is a lack of consistency around the graphics and labels used in these representations. Based on this, the aim of this study was to identify, analyze and evaluate these differences and propose a representation that aims to be more suitable for the theory. For this, uses as method a literature review based on Engeström (2001) and its three generations of visual models, combined with graphical analysis of representations collected in a hundred papers from international journals.


Palavras-chave


teoria da atividade, representações gráficas, análise gráfica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.